abril 23, 2020
DIA MUNDIAL DO LIVRO

Os Livros, os incríveis e inestimáveis livros. 
Atores principais de dias e noites. Mensageiros de consciências e bagageiros de mensagens. 

Os livros são os foguetões das grandes viagens. 

São livros de instruções, romances, enciclopédias, livros de reclamações onde se explicam grandes tragédias. 
São livros. 
Livros de motivação, de contos, de terror, de paixão e amor. Livros que falam de traição e morte. 
Livros que abrimos à sorte para descobrirmos o livro da nossa vida. 
Livros. Papel. Páginas que lambemos como quem se delicia em mel, doce mel. 
Livros que lemos com a arte de quem usa um pincel para pintar Mona Lisa. Livro que não avisa quando nos faz chorar, que nos leva a corar com as cenas ardentes. 
Que nos provoca a raiva num ranger de dentes calado. 

Livros que nos guiam através do fado da tempestade
dia de sol ou forte chuvada,
o livro é o farol que nos conduz no meio do nada. 

Livros, são livros. 

#tristaodandrade
#diamundialdolivro

março 27, 2020
Episódio N.º1

Tudo começa com o desejo, com a vontade e o sonho. Sempre o sonho, sempre essa corda que nos puxa para a frente, essa mão que nos empurra. Essa sensação de voarmos com os pés no chão e a cabeça no ar. O primeiro degrau que subimos rumo ao céu, a escadaria que galgamos a bom ritmo. Levantamos o olhar ao céu e continuamos. Eu estou nessa missão de chegar o mais alto possível, o mais longe que as minhas forças permitirem. Já venho de longe e não vou parar para repousar. Há caminho para fazer, há mundo para mudar. 

Eu prometo escrever, escrever como se só soubesse escrever, escrever como quem constrói estradas e caminhos, como quem cuida dos outros sem olhar para si, como quem ama um único amor para sempre. 

Escrever é partilhar a intimidade, é gritar sem ruído, é tocar sem mão, é pulsar sem explosão, é explorar sem ferir. Escrever é o ir e vir entre aquilo que te escrevo e tudo o que lês. Escrevo-te em português porque o único idioma em que me sei expressar. 

Gosto de passar horas a discutir as virtudes e os defeitos do mundo, as teorias, os conceitos, as ideias de cada um, as liberdades, as diferenças. Amo as diferenças. 

Gosto muito de estar à mesa, de me perder em discussões, de inventar mundos e sensações. Respeito quem gosta de dormir mas eu prefiro acordar. Dou prioridade em estar no epicentro da ação, fazer parte da discussão e ajudar a resolver. Ser um agente do fazer.

Não me consigo calar ou deter de comentar o que vejo. De roubar um beijo ao tempo e fazer parte da história. Quero construir a glória de ser lembrado um dia.

Escrevo para ser ouvido, seja em prosa, seja em poesia. 

Aqui falamos de tudo com liberdade e respeito.

Sejam bem-vindos a este meu blog.

Tristão de Andrade 

Publicações Recentes

Redes Sociais

outubro 2020
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Novidades

Registe o seu e-mail e receba as últimas notícias

Scroll to Top